Escassez – a causa do capitalismo e a impossibilidade do socialismo

Dinheiro não é uma entidade, é um meio de troca voluntária. Dinheiro não se cria, se adapta aos recursos existentes. O lucro não decorre de um prejuízo, mas de uma oferta e troca de trabalho e bens. Exportar significa importar. Crescimento econômico se faz no país, não fora dele. Guerras e crises econômicas são quase na totalidade decorrentes das intervenções dos governos.

A sobrevivência é que alavanca o sentimento de preservação acima dos outros, esse egoísmo. O dinheiro é um meio de troca de bens e serviços. Culpar o dinheiro pela necessidade de bens é assassinar o mensageiro, como faziam os reis de antigamente.

O liberalismo não prega que a iniciativa privada quer o bem comum, mas que o máximo possível de cooperação se chega através do capitalismo. O ser humano nunca vai cooperar de forma absoluta, num mundo idílico, sem egoísmo. Não acredito num mundo onde todo mundo é feliz e pacífico 100% do tempo. Não existir egoísmo é viver como formigas, sem senso de privacidade, de personalidade. O povo chinês ainda sofre disso um pouco, estive lá.

Acredito num sistema que POSSIBILITA a cooperação (não força nem exige) através da troca voluntária de trabalho e bens. O egoísmo não é invenção do capitalismo, e mesmo que fosse ele não é uma coisa ruim. Uma dose saudável de egoísmo é o que nos torna felizes, seja buscando comida, seja buscando abrigo, conforto.

Tudo isso decorre de uma característica da realidade perceptível, a ESCASSEZ. Vamos por partes, como diria Jack, o estripador.

Repito que o homem precisa trabalhar, abrir mão de sonhos e horas de lazer, por causa da escassez. Escassez significa que para conseguirmos comida, abrigo e outras necessidades é necessário gastar tempo, e muitas vezes precisamos de ferramentas (bens de capital). Para construir ferramentas precisamos gastar as horas que gastaríamos obtendo a comida, portanto é preciso economizar pra poder construir ferramentas, que vão nos ajudar a conseguir mais bens no futuro (produtividade).

Entramos aí na discussão do capital, outra coisa que advém daí é a discussão dos direitos de propriedade intelectual (diferentemente da propriedade individual não existe escassez na propriedade intelectual). Mas voltando ao assunto, as pessoas tem que trabalhar pela única razão de que só assim conseguem satisfazer suas necessidades físicas e emocionais. Casas não são construídas sozinhas, farinha não nasce sem alguém pra plantar e colher.

Portanto a concepção de que cada pessoa tem DIREITO à habitação, direito à educação, direito a um monte de coisas, é legar um DEVER aos outros. Se alguém tem direito a uma casa, alguém vai ter que construir pra ela, existe escassez de casas. Então podemos mudar para “todas as pessoas tem o dever de prover habitação a todas as pessoas que não a possuem”. Aqui o liberalismo discorda, não somente por princípio, mas também através de explicação econômica. Todo gasto social governamental vai trazer consequências opostas ao que se tenta conseguir com os gastos. Ao invés de melhorar a média do padrão de vida a longo prazo, vai diminuí-la. Se quiser você pode ler esse paper que demonstra a relação PIB e gastos governamentais de países ricos de 1960 pra cá, e fica fácil ver a relação direta entre gastos governamentais e atraso econômico.

Antes do capitalismo, e em qualquer lugar do universo, sempre existiu e existirá a escassez. Sempre será necessário trabalhar pra sobreviver. Se existem pessoas que tem mais que outras, isso decorre de sua própria eficiência, e de sua capacidade de colaborar para a produção e aquisição de bens por outras pessoas, bens que as pessoas querem e precisam. Se não é o caso, se essa pessoa não conseguiu acumular bens e segurança por mérito próprio, pode saber que é porque algum tipo de governo possibilitou isso através de tarifas, reservas de mercado, subsídios, financiamentos com taxas fora de mercado, regulações e toda a pletora de ingerências governamentais na economia.

Escassez – a causa do capitalismo e a impossibilidade do socialismo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s