15 dicas de que você está se tornando um liberal

20mar14

15 dicas de que você está se tornando um liberal

O mundo muda muito rapidamente e deixa a gente tonto, mas algumas coisas nunca mudam. Por exemplo as pessoas continuam procurando uma razão para reclamar bastante da vida, e o liberalismo trouxe uma das melhores razões para isso: a violação constante aos direitos individuais de todas as pessoas humanas individuais individualizadas nelas mesmas.

Você já perdeu a conta de quantas vezes ficou de queixo caído com a burrice de certas leis? Se pergunta como as outras pessoas ainda acreditam nos políticos e suas promessas pretensamente salvadoras? Fica de cara com o sucesso de camisetas marketeando Che Guevara?

Eu tenho uma péssima notícia para seus amigos: VOCÊ PODE SER UM LIBERAL. Isso mesmo amiguinho(a), essa doença pega. Um dia você começa a defender a liberdade de expressão, e sem perceber logo você está se digladiando na internet com stalinistas e olavistas.

Mas não se desespere! No espírito liberal clássico de fraternidade e caridade voluntária não-obrigatória, a Liberzone fez um guia prático para que você descubra se o vírus pegou mermo ou se é só uma febrinha (daquelas de fim de semana quando o sol resolveu sair depois de meses de chuva).

Sem mais delongas aí estão as 15 dicas de que você está se tornando um liberal.

1) Você já acorda pensando: “como o estado vai me ferrar hoje?”

Cada macaco no seu galho

Já terminei de pagar os impostos do ano?

Todo dia é a mesma coisa, você quer dormir um pouquinho mais, e vem o estado te acordar antes da hora pra escovar os dentes, levantar a bunda e ir trabalhar. Afinal você precisa pagar impostos. O que seria de nós sem esse papai, não é? Nele você pode confiar, diferente do tal do mercado, e então…

2) Seus amigos de esquerda sempre reclamam da sua “fé no Deus mercado”.

Crente que é gente

Testemunhe sua benção! R$ 100,00 por favor.

“Ave Adão Smith, cheio de grana, o senhor é comércio”. Quando é que esses leitores de Rousseau vão ler um pouco mais de Voltaire? Não achamos que o “mercado” vai resolver nada. Pessoas resolvem problemas, comércio é apenas uma das formas. Chega a ser até engraçado, pois acreditar que o governo deve resolver todos os problemas existentes é que parece ser fé digna de uma igreja. Mas isso é fichinha, pois…

3) Seus amigos de direita te acusam de ser marionete nas mãos dos agentes pagos da KGB gayzista George Soros.

Fabulosa!

Afinal, como vou pagar o estoque de glitter e de KY?

Ainda bem que existem pessoas com visão alêm do alcance para enxergar essas conspirações. Às vezes o que falta pra gente é um diploma de astrólogo, ou umas férias em Miami. Se bem que Miami é bem colorida, vai que você toma uma Pepsi abortiva, esbarra numa gay pride e aí SE SOLTA PRINSSESSA!!!! Melhor ficar na Coca mesmo. Se bem que as FARC já dominaram o Brasil com o Foro de Sumpaulo vendendo Coca-ína. Melhor ficar em casa bebendo água mesmo. Mas não tem problema, já que…

4) Você não sai de casa porque senão estaria usando ruas públicas.

A segunda estrela do mar à direita e então direto, até o ancapistão

Você pode voar, você pode voar Peter Pan!!!

Assim como os comunistas não usam iPhone, caso contrário estariam contribuindo para a exploração de bebês em fábricas na China. Somente no interior da Suíça, onde maior parte das estradas abertas ao público são na verdade privadas, é que os liberais conseguem sair pra fazer compras, ir no cinema. No resto do mundo as pessoas usam as ruas públicas apenas para ir em lojas públicas comprar iPhones públicos com o dinheiro do Bolsa Família. Eu sei, nada disso faz sentido. Então para explicar…

5) Você tem medo de não conseguir ler todos os livros e artigos existentes sobre todos os assuntos relevantes à política, à economia e à cultura.

Tecnologia anti-social

Com esses assuntos eu chego a ter 0.1% do conhecimento humano.

A desvantagem de lutar contra a sujeição do indivíduo pelas normas do coletivo é que você sempre precisa explicar quando, onde e porque isso é errado. Se não explicar direitinho vem a turba e passa por cima. E para isso será necessário adquirir uma quantidade inadquirível de conhecimento. Parece impossível, mas não é. Somente a probabilidade é que é estatisticamente irrelevante.

6) Você para de culpar o governo pela falta de subsídio, mas começa a reclamar do excesso de impostos e burocracia.

É para o seu bem

“A sua agricultura desregulada é uma ameaça ao bem estar público.”

Antes eu era ecolô e artista, ficava indignado porque “o governo não faz nada”. É claro que eu estava errado, o governo sempre faz alguma coisa para atrapalhar. Hoje eu torço para que o governo não faça nada, e desfaça tudo que fez. Do pipoqueiro ao industrial de móveis, a melhor coisa que o governo pode fazer é não atrapalhar. Atuar na justiça e na segurança não é a mesma coisa que asfixiar a sociedade em centenas de milhares de regras micro-administrativas. Esse é um dos motivos pelos quais…

7) Você ri quando chamam o PSDB de direita ultraliberal.

Vergonha alheia

heoiheoiheoiheoiheoihe

A classificação de direita e esquerda já é complicada por si só, com todas as reviravoltas da história. O liberalismo foi considerado esquerda na França até meados de 1930, por exemplo, e agora tenta se livrar da associação com os conservadores no pós-guerra. Agora… somente na mente confusa de um esquerdista mainstream brasileiro o PSDB poderia ser chamado de direita. FHC deu beijinho em Fidel Castro, foi professor na Sorbonne. Tá de sacanagi!

8) O seu adjetivo preferido para a política econômica da maioria dos países é “keynesianismo”.

Ressaca monetária

Basta um pouco mais de estímulo econômico governamental…

Leia os jornais na seção econômica internacional e procure algum país onde o estado diminuiu de tamanho, não somente nas bolsas aos mais pobres, mas diminuiu em termos de proporção entre orçamento e PIB (mesmo que o PIB seja uma medida imprecisa da riqueza de um país). Pra não perder tempo eu contarei o resultado: não acharás nenhum. Se achar me conta. Se não estiver com vontade de procurar…

9) Você espera ansioso pelo próximo artigo abominável do Paul Krugman.

Krugonomics

“Oi! Sou milionário e faço parte do 1% que eu tanto critico.”

No Mundo Encantado de Krugman a Internet é uma tecnologia desimportante que logo vai sumir, a bolha immobiliária americana era uma propaganda de conservadores, os governos europeus vivem uma crise de longa austeridade fiscal, e outras maluquices engraçadas mais. Ele é o único caso onde a fantasia é mais fantástica que a realidade, nada abala sua convicção em ganhar dinheiro se aproveitando do sentimento de culpa daqueles que ele mais finge atacar: o 1% dos mais ricos. Quem lê Krugman, e o próprio Krugman, é branco, rico e odeia brancos ricos.

10) Você não sabe se a polícia ela existe pra ajudar, ou se dizem que ela pode te matar.

Esse aqui tá bem servido

Servir e proteger (os interesses estatais)

Ela existe para estimular a indústria dos donuts, todo mundo sabe. Uma pizza chega mais rápido, então porque não abrir uma pizzaria de segurança? Todas as leis existentes tranformam todos os cidadãos em criminosos todos os dias, e a polícia está lá para usar essa alavanca em favor do controle, do estímulo ao conflito social, da incitação ao medo da autoridade, etc. Proteger o cidadão somente se for um detalhe colateral que não atrapalhe os objetivos anteriormente citados. A diferença entre um policial e um segurança de shopping é que o segurança de shopping pode ser demitido e até preso. Você imagina o tipo de abuso que isso gera. E para diminuir esses abusos…

11) Você começa a defender o direito de casais homossexuais terem armas para defender seus filhos adotivos, sua propriedade privada e suas plantas de maconha.

Melhor não tentar nenhuma gracinha

Isso deve dar um nó na cabeça da esquerda e da direita

“Eu leio seus posts mas às vezes você escreve umas coisas horríveis!” Pois é, liberalismo é isso, é a parte boa do conservadorismo e da esquerda, e combate a parte ruim dessas ideologias. Então você atrai os maconheiros, os defensores da autodefesa, os gays, e aí choca todo mundo quando eles percebem que você não quer proteger minorias em detrimento das outras minorias, e sim que os indivíduos tenham liberdade e sejam responsáveis por suas escolhas e atos. Isso sai completamente da zona de conforto do cidadão médio, logo…

12) Você ataca opiniões autoritárias o dia inteiro, mas vira bicho quando alguém sugere censurar essas opiniões.

Não me provoque

Pandas não gostam de censura, tá ligado?

Como as pessoas não conseguem entender esse princípio tão simples? Liberdade de expressão é irrestrita, ou não é liberdade de expressão. Eu tenho o direito de pensar e falar o que eu quiser. Não tenho o direito de FAZER o que eu quiser. Isso traz a inconveniência de ter que conviver com discursos de ódio, mas se você começar a escolher quais discursos devem ser aceitados na sociedade, não vai poder reclamar quando outros escolherem o seu discurso como não tolerável. Ser intolerante com os intolerantes continua sendo intolerância. O que você tolera dentro da sua casa ou sobre quem você escolhe falar mal na internet, isso é escolha sua. Por outro lado liberdade de expressão não é justificativa para quando..

13) Seus amigos comunistas “brincam” contigo dizendo que vão pedir pro comitê te livrar do paredón quando a revolución chegar.

"Justiça"

Meu último pedido é passar por um julgamento imparcial.

Imagina se você faz uma piada dizendo que pediria para Hitler poupar o teu amigo judeu? Ou se você brinca dizendo que não mataria teu amigo cristão caso o Jihad chegasse ao seu bairro? Por algum motivo os comunistas não conseguem entender que essa brincadeira apenas demonstra como a violência está no âmago dessa doutrina. Vou citar de passagem que existem sim comunistas verdadeiramente comunais, do tipo hippies vivendo em comunidades, mas esses não fazem esse tipo de piada. Esses quase não falam né, estão numa zen, relax brou……….. Esses ficam tranquilos, diferente de quando…

14) Em um mesmo dia você irrita conservadores e socialistas.

Yes!

Já posso dormir tranquilo.

Vamos admitir? Grande parte de ter uma ideologia é poder encher o saco dos outros. É bom pacas irritar os outros, te dá uma sensação de não ser talvez tão ruim quanto você no fundo acha que é. Que sentimento maravilhoso, preencher o vazio da existência com o desprezo fingido. O quê? Pelo menos estamos estimulando o contato humano. E de quebra implantamos o liberalismo cultural, como exigido no contrato de blogueiro liberal pago pelas forças capitalistas neoliberais, a razão pela qual…

15) A maior parte da sua renda vem do Fundo Blogueiro Tucano-Neoliberal dos Irmãos Koch.

Encontro Nacional dos Blogueiros Liberais

É lucrativo ser blogueiro liberal!

Será que existe coisa mais ingrata que defender o liberalismo nos dias de hoje? Deve estar entre colecionar papel de carta e torcer pro Botafogo. Ma a gente faz é por amor, porque o Aécio perdeu muita grana naquele helicóptero e andou atrasando os últimos pagamentos. Sem contar que o Marco Civil vai acabar logo logo com o nosso facismo explorador das mentes na rede mundial dos computadores. Ai, ai, vida dura.

É isso aí amiguinhos, a brincadeira foi boa, mas eu tenho que voltar a lutar contra o exército de trolls petistas ou carolas que rondam pelos caminhos das internetes. Lembrem-se, não esmoreçam pois o que vem depois da vida é o descanso eterno, muito tempo pra pensar no que você deixou de fazer. Abreijundas!



3 Responses to “15 dicas de que você está se tornando um liberal”

  1. Parabéns, Rapha, você está se superando!
    Maravilhoso artigo! Adorei!!! E adorei as figurinhas animadas também! :)

  2. Maravilha!!!! Parabns filho!!!

    Me

  3. 3 fátima sedicias

    Adorei as dicas! Infelizmente fiquei entre umas e outras respostas sem conseguir definir-me!Lamentável! Talvez , mais adiante, você consiga dar mais outras dicas de pensamentos políticos e aí eu me reencontre…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: